Aperfeiçoamento “Nutrição do Paciente Enfermo Adulto”

R$1.300,00

Descrever a triagem de risco nutricional e instrumentos utilizados e validados para o objetivo (ex.: MST, NUTRIC). Identificar os quatro passos do processo de cuidado em nutrição (avaliação, diagnóstico, intervenção e monitoramento) para pacientes enfermos.

Esquematizar os extremos das alterações do estado nutricional: desnutrição e obesidade. Identificar princípios e instrumentos integrados de avaliação em nutrição em pacientes enfermos.

Reconhecer índices de prognóstico nutricional. Definir as principais diferenças entre a resposta fisiológica ao estresse e ao jejum prolongado.

O curso é de início imediato após a confirmação da compra!

SKU: APE0002 Categoria:

Descrição

  • Descrever a triagem de risco nutricional e instrumentos utilizados e validados para o objetivo (ex.: MST, NUTRIC). Identificar os quatro passos do processo de cuidado em nutrição (avaliação, diagnóstico, intervenção e monitoramento) para pacientes enfermos.
  • Esquematizar os extremos das alterações do estado nutricional: desnutrição e obesidade. Identificar princípios e instrumentos integrados de avaliação em nutrição em pacientes enfermos.
  • Reconhecer índices de prognóstico nutricional. Definir as principais diferenças entre a resposta fisiológica ao estresse e ao jejum prolongado.
  • Descrever as principais avaliações que são realizadas em pacientes enfermos: nível de consciência, condição hemodinâmica, diferentes tipos de choque, gravidade, Síndrome da Resposta Inflamatória Sistêmica (SIRS), falência de órgãos (pulmão, coração, rins, intestino, pâncreas, fígado), excreção fecal, queimaduras, lesões por pressão, disfagia.
  • Identificar os principais equipamentos e tipos de monitorização utilizados na UTI. Reconhecer fatores de risco nutricional de pacientes graves.
  • Enumerar componentes da história relacionada à alimentação e nutrição, de achados físicos focados, medidas antropométricas, dados bioquímicos, testes e procedimentos clínicos de pacientes graves.
  • Reconhecer a recomendação energética, de macronutrientes, vitaminas, minerais, líquido, fibras, prebióticos e probióticos para enfermos graves. Identificar da alimentação via oral, sonda e parenteral para enfermos graves.
  • Definir as intervenções em nutrição em enfermos com desnutrição, disfagia, lesões por pressão, obesidade, diabetes, hiperglicemia, diarreia, obstipação, lesão cerebral traumática e/ou queimaduras.
  • Descrever a terapia nutricional em insuficiência cardíaca, respiratória, pancreática, hepática, intestinal e/ou renal.

Inicio: Imediato
Duração: 6 meses/180 horas
Nível: Aprimoramento
Público-Alvo: Estudantes, nutricionistas e profissionais de áreas correlatas
Formato do curso: EAD – A Distância

Metodologia

Simulações de estudos de caso, onde o aluno avalia sua habilidade de identificar, analisar e resolver problemas da prática clínica nutricional.

Telas interativas que resume e dirige o estudo do texto. Inclui perguntas abertas, com discussão das respostas com base no texto.

Ambiente virtual, com acesso a chats e fóruns de discussões, que permitem a interação com colegas de turma e com os tutores dos cursos.

MATRIZ DE CURRÍCULO

  • Fundamentos do processo de cuidado em nutrição
  • Problemas extremos: desnutrição e obesidade
  • Triagem de risco nutricional
  • Instrumentos integrados de avaliação em nutrição e índices prognósticos
  • Fisiopatologia e avaliações clínicas: resposta fisiológica ao estresse e ao jejum, síndrome da resposta inflamatória sistêmica, nivel de consciência, gravidade (apache ii), falência de órgãos relacionada à sepse (sofa), falência intestinal, insuficiências pancreática e hepática, excreção fecal, queimaduras, lesões por pressão, disfagia.
  • Equipamentos e tipos de monitorização em uti.
  • Particularidades da triagem, avaliação e diagnóstico em nutrição de pacientes enfermos graves.
  • Recomendação de energia, proteínas, carboidratos, gordura, vitaminas, minerais, líquido, fibras, prebióticos e probióticos para enfermos.
  • Alimentação via oral, via sonda e parenteral para enfermos.
  • Intervenção em nutrição em condições mórbidas: desnutrição, disfagia, lesões por pressão, obesidade, diabetes, hiperglicemia, diarreia e obstipação, grandes cirurgias, lesão cerebral traumática, grandes queimaduras, insuficiência cardíaca, respiratória, pancreática exócrina, hepática, intestinal, fístula enterocutânea, injúria renal aguda, doença renal crônica, transplante de rim.
  • Monitoramento e aferição de resultados da intervenção em nutrição para enfermos

 

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “Aperfeiçoamento “Nutrição do Paciente Enfermo Adulto””

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *